Status de área livre de febre aftosa é tema de fórum em Cascavel

Sirlei Benetti
Cotidiano | Publicado em 21/05/2019 às 17:30

Foto: Arquivo/Agência Brasil

A Adapar (Agência de Defesa Agropecuária do Paraná) promoverá nesta quinta-feira (23), às 13h, no anfiteatro Emir Sfair, em Cascavel, o Fórum Regional Paraná Livre de Aftosa Sem Vacinação.  O evento tem como objetivo debater com entidades do setor agropecuário as ações necessárias para solicitação e reconhecimento do status de Área Livre de Febre Aftosa, sem vacinação.

Os desafios e vantagens que os produtores paranaenses terão a partir da retirada em definitivo da imunização obrigatória do rebanho bovino contra a doença são o fio condutor de todas as falas ao longo da programação. A última campanha está ocorrendo agora em maio, até dia 31. “Tivemos uma longa caminhada para chegarmos até aqui, com a participação fundamental de cada produtor. Agora, temos que avançar e seguir com o rigor na sanidade que nos trouxe até aqui e vai nos levar ainda mais longe na produção de alimentos para o Brasil e o mundo”, enfatiza o presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette.

O diretor-presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Otamir Cesar Martins, classificou a conquista estadual como um novo momento para a pecuária. “Essa é a hora de, mais do que nunca, mantermos nossa atenção redobrada com nossa produção. Faço aqui um convite para que todos nós fortaleçamos nossos Conselhos de Sanidade Animal (CSA´s), com efetiva participação da sociedade e dos técnicos prestando assessoria. Precisamos da ajuda de todos nesse momento em que retiramos a vacinação contra febre aftosa”.

Segundo o gerente de Saúde Animal da Adapar, Rafael Gonçalves Dias, o Paraná ocupa a primeira posição do ranking nacional na produção e exportação de frango de corte, e a terceira posição na produção de carne suína. As duas cadeias têm grande importância econômica para o Estado, e geram emprego e renda. A suinocultura, assim como a bovinocultura de corte, tem grande potencial de crescimento com o advento da suspensão da vacina contra febre aftosa, ao agregar valor aos seus produtos.

Apoio

A promoção dos Fóruns tem o apoio da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento; Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Ministério da Agricultura, Sistema Faep/Senar, Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Paraná (Fetaep), Emater e Sistema Ocepar. Em Cascavel, o evento tem apoio do Sindicato Rural de Cascavel.

“É importante que os produtores e profissionais da área participem para entender o processo e as vantagens desse novo status, que mudará o cenário agropecuário do Paraná para um muito melhor”, destaca Paulo Orso, presidente do sindicato.

 



Relacionados

Cotidiano | 17-05-2019 11:29

Preço do suíno sobe 34% com peste suína na Ásia e menor produção no Brasil

Preço do suíno sobe 34% com peste suína na Ásia e menor produção no Brasil

Cotidiano | 07-05-2019 10:16

Simepar e Iapar iniciam edição 2019 do Alerta Geada

Simepar e Iapar iniciam edição 2019 do Alerta Geada

Cotidiano | 30-04-2019 15:21

Sanidade animal: a última vacinação contra aftosa no PR começa dia 1º

Sanidade animal: a última vacinação contra aftosa no PR começa dia 1º

Cotidiano | 24-04-2019 09:29

O Ovo gigante

O Ovo gigante

PUBLICIDADE