Cooperativas se negam a negociar e trabalhadores podem cruzar os braços

Redação Tarobá News
Cotidiano | Publicado em 25/05/2019 às 08:05

A quinta-feira (23) foi de muito trabalho para os dirigentes sindicais da Federação Nacional dos Trabalhadores Celetistas nas Cooperativas no Brasil – Fenatracoop e do Sindicato dos Trabalhadores em Cooperativas de Palotina e Região – Sintrascoopa.

Os representantes dos trabalhadores desde as primeiras horas do dia (24), estiveram na frente dos portões do abatedouro de frango da cooperativa C.Vale na cidade de Palotina. Com caminhão de som com músicas e frases de impactos, os sindicalistas entregaram aos trabalhadores um informativo contendo informações sobre o andamento das negociações da campanha salarial 2019 da categoria.

A data base da categoria vence no dia 31 de maio, os trabalhadores estão pedindo um reajuste salarial de 16,5%, piso salarial de R$ 1.400,00 para todos que iniciarem a trabalhar nas cooperativas e R$ 1.800,00 de piso após o prazo de experiência. Reajuste no Vale Alimentação de 15% entre outros.

Mas até o momento as cooperativas não receberam os representantes dos trabalhadores para repassar a contrapartida das cooperativas. “O que chegou ao nosso conhecimento é que a direção das cooperativas não querem dar nada de reajuste, ainda nos ofereceram salário mínimo como piso e a retirada de 50% dos direitos dos trabalhadores.

"Não vamos aceitar isso, vamos a luta e se preciso for, vamos convocar os trabalhadores e vamos para a greve nas cooperativas da região Oeste do estado do Paraná”, revela o presidente da Fenatracoop e Sintrascoopa, Mauri Viana Pereira.


Assessoria



Relacionados

Cascavel | 23-09-2019 12:44

Moradores reclamam da baderna na rua Paraná próximo a casas noturnas

Moradores reclamam da baderna na rua Paraná próximo a casas noturnas

Ubiratã | 23-09-2019 11:35

Cooperativa oferece 500 vagas de emprego para Ubiratã e região

Cooperativa oferece 500 vagas de emprego para Ubiratã e região

Cascavel | 23-09-2019 11:20

População mantém redução do consumo e rodízio é suspenso novamente

População mantém redução do consumo e rodízio é suspenso novamente

Cascavel | 23-09-2019 10:44

Confira os óbitos das últimas horas em Cascavel e região

Confira os óbitos das últimas horas em Cascavel e região